Critérios para uma vida cristã vencedora

menino correndo na praia no por do sol

“Eles o venceram [a Satanás] pelo sangue do Cordeiro e pela palavra do testemunho que deram; diante da morte, não amaram a própria vida.” (Apocalipse 12.11)

Vencedor será somente aquele que foi vencido por Jesus Cristo – isso significa: aquele que pertence a ele, sem quaisquer reservas. Vencedor será somente aquele que permanecer fiel a ele, mesmo diante dos crescentes movimentos anticristãos. Para pertencer – já hoje – aos vencedores, é necessário observar as seguintes condições:

- cremos em Jesus Cristo como nosso Salvador e Senhor e somos seus filhos;

- permanecemos em constante comunhão de oração com o Senhor, para que ele possa nos fortalecer, consolar, conduzir, proteger e corrigir;

- colocamos a Palavra de Deus como ponto central e orientamos nossa vida de acordo com ela;

- buscamos comunhão com irmãos na fé e não deixamos de participar das nossas reuniões;

- confessamos, diante de Deus, os nossos pecados e somos purificados por meio do sangue de seu Filho Jesus Cristo;

- vivemos mediante a graça de Deus, mas não nos aproveitamos dela para podermos pecar;

- denunciamos as obras das trevas – mesmo em comunidades cristãs – e não as toleramos;

- não aceitamos o espírito do orgulho, que se manifesta para promover cisões, nem o espírito de mistura, que tenta a unificação e o ecumenismo a qualquer preço;

- amamos os irmãos renascidos no Senhor Jesus Cristo, mesmo que não concordemos com eles em todas as questões doutrinárias;

- buscamos, da mesma forma, com base na Escritura Sagrada, pelo reconhecimento e pela imposição da verdade nas questões decisivas sobre a salvação, para que ninguém se perca;

- dispomo-nos a aceitar a correção com base bíblica recebida de irmãos, tanto para nossa doutrina como em nossa vida;

- praticamos a “moderação cristã”, isto é, não acompanhamos voluntariamente as influências ímpias e sedutoras que nos afastam da fé;

- nos afastamos de todas as correntes, práticas e métodos contrários à Palavra de Deus;

- praticamos novamente a disciplina da igreja de modo coerente;

- cumprimos a ordem missionária com seriedade e convidamos as pessoas a seguirem a Jesus Cristo, enquanto ainda há tempo;

- proclamamos a mensagem central da Bíblia sobre a plena perdição do pecador, da necessidade de arrependimento e da salvação unicamente por meio da graça;

- ajudamos nosso próximo também com ações práticas de amor e demonstramos sinais da filantropia de Deus ao homem em um mundo que perece; e

- consagramos novamente nossa vida unicamente ao Deus trino e lhe servimos até o fim de nossa existência na terra – e adiante, por toda a eternidade.

Que o Senhor nos ajude!


Fonte:
Chamada - Lothar Gassmann

Nenhum comentário

Gostou do artigo? Não gostou? Quer deixar sua opinião, um elogio ou até mesmo uma crítica? Por favor faça uso deste espaço. Comente com sabedoria e respeito. Lembrando que todos os comentários serão moderados.